PUBLICIDADE

Elevadores mais bonitos e funcionais

Por Revista Síndico
Última atualização: 06/09/2021

capa-elevadores
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Você já ouviu falar em embelezamento ou redesign de elevadores? Pois esse serviço é muito mais comum do que se imagina. Indo muito além da parte técnica e da funcionalidade – ter um elevador bonito e moderno nos condomínios também pode trazer muitos benefícios, que vão desde a comodidade e uma melhor aparência, até a valorização das unidades.

O chamado redesign de cabines é uma tendência em condomínios que traz modernização estética e que permite que sejam colocados painéis de revestimentos, teto, piso, rodapés e outros acessórios opcionais como espelho e corrimão, atualizando o layout do elevador, sem alterar a estrutura básica da cabine.

Especialista no assunto, o técnico Maycon da Costa Couto, da Decorio Designer Elev, que atua há 25 anos com este tipo de serviço, tanto em condomínios comerciais quanto residenciais, explica que as pessoas normalmente não dão a importância devida a esse tipo de serviço, mas que ele vem crescendo a cada ano.

elevador
Um dos projetos entregues pela Decorio sobre embelezamento de elevadores.

“O usuário pensa muito na praticidade, não costuma se preocupar com a estética, mas conseguimos quebrar esse paradigma, principalmente quando pensamos em termos de segurança, porque faz toda a diferença ter um elevador reforçado. Para não ter que lidar com o problema quando ele estoura, é sempre bom se antecipar”, explica ele, referindo-se ao fato de que durante o processo da reforma, é comum encontrar problemas grandes e pequenos na estrutura do elevador.

Maycon relata ainda que o processo de redesign recorrentemente é alinhado com o trabalho de uma empresa técnica. “Muitas vezes precisamos fazer nivelamentos, ajustar certas estruturas e as empresas grandes de manutenção são parceiras neste trabalho, cuidando de tudo o que diz respeito à estrutura e à segurança do usuário”, afirma ele, que atua em parceria com grandes empresas como a ThyssenKrupp, conglomerado alemão líder no mercado de elevadores em todo o mundo.

homem sorrindo
Projeto da Hello Mídia, através da instalação de televisores que apoiam a comunicação dentro dos elevadores dos condomínios

O profissional afirma que os orçamentos também são relativos e, obviamente, variam de acordo com a necessidade de cada condomínio, mas, segundo Maycon, é possível chegar a preços acessíveis. Para ele, o redesign serve para todos os tipos de condomínios: novos, antigos e até edifícios tombados.

“Existe, sim, a possibilidade de executar o serviço preservando estruturas e pinturas antigas, ouro etc”, explica ele, que atua no Rio de Janeiro e em São Paulo. No Rio, chegou a receber um pedido para o redesign de um elevador panorâmico numa igreja – “Para você ver como é um trabalho bastante versátil e que se adequa a várias realidades”, acrescenta. 

O profissional cita ainda que todos os seus projetos de redesign também seguem as normas da ABNT que garantem, principalmente, a acessibilidade do espaço, possibilitando o livre trânsito de pessoas cadeirantes. “Essa é uma das nossas maiores preocupações hoje em dia. Torna-se cada vez mais necessário – além de ser obrigatório por lei – preparar elevadores para que sigam as normas corretas de acessibilidade”, finaliza.

 

Elevadores podem ser aliados na comunicação com moradores
Todo síndico sabe que o elevador é um dos espaços preferidos para compartilhar comunicados oficiais. Agora, já pensou se esses comunicados fossem digitalizados? Será que o impacto da mensagem seria maior?

Sócio da Helloo Mídia, empresa responsável pela implementação de telas de SmartTVs em mais de 1800 prédios em todo o país, que impactam cerca de 180 mil famílias diariamente, Ivan Fanzeres explica que a adesão às telas nos elevadores, além de uma poderosa ferramenta de mídia, é também uma forma mais eficaz de transmitir comunicados oficiais como convites para assembleias e avisos em geral.

“Além dos anúncios e dos comunicados oficiais, as telas nos elevadores também transmitem conteúdos como notícias, humor, programação cultural… Tornando-se, assim, mais do que um espaço de mídia, mas uma verdadeira ferramenta de comunicação entre síndico, moradores e visitantes, prestando também um serviço informativo àquela população”, relata o empresário.

Televisão nos elevadores
Projeto da Hello Mídia, através da instalação de televisores que apoiam a comunicação dentro dos elevadores dos condomínios

A implementação das telas não é cobrada nos edifícios, no entanto, o condomínio também não recebe nenhuma receita de anúncios. “É um acordo. O síndico ganha em modernização, em efetividade dos seus comunicados e nós arcamos com custos de instalação e manutenção”, explica ele.

Somente no Rio de Janeiro, já são quase 600 unidades espalhadas, predominantemente em condomínios comerciais, mas também – e recentemente a adesão vem crescendo – em prédios residenciais. Os síndicos também podem acompanhar o conteúdo das telas dos elevadores em tempo real por meio de um APP. 

“No início, há uns 15 anos, começaram a surgir as telas em elevadores de edifícios comerciais. Era uma mídia muito cara, para poucos no início. Nos residenciais, começou há uns cinco anos, mais ou menos. E hoje, esse tipo de mídia está em vários lugares, não somente em elevadores, mas também em ônibus e até no metrô”, conclui.

 

Por: Mario Camelo

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE