PUBLICIDADE

Decoração Comfy: tudo o que você precisa saber sobre esse estilo

Por Revista Síndico
Última atualização: 27/12/2021

Closeup of a smiling young woman lying on couch
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Dar prioridade ao conforto dentro de casa se tornou um fator primordial nos dias atuais. Uma vez que a pandemia apareceu e o mundo entrou em lockdown, a estética do conforto acabou sendo impulsionada na indústria de decoração de interiores e de outros setores como moda, alimentação e estética. 

Comfy vem da palavra comfort, que significa conforto em inglês, princípio básico deste estilo que reúne aconchego e peças descontraídas. Primeiro foram as roupas, depois os itens práticos e descontraídos para o home office, e em seguida essa tendência passou também para a decoração, afinal, durante a pandemia passamos mais tempo dentro de casa e o aconchego proporcionado pelo estilo tem ganhado cada vez mais adeptos.

O estilo Comfy tem como propósito trazer o contato com o artesanal, misturas de texturas e tons de cores neutras. Ao trazer essa tendência para dentro de casa a sensação de bem-estar aumenta devido a paleta de cores minimalista que imprime leveza e sensação de repouso, e a mistura entre diferentes texturas trazem contraste ao ambiente.

Na opinião da decoradora Renata Stabile, estamos em um tempo que exige muito mais praticidade e a necessidade de casas confortáveis que possam ser versáteis e multifuncionais está mais evidente do que nunca. O estilo Comfy pode ajudar bastante quando o assunto é estilo, sofisticação e conforto.

mulher sorrindo
Para a decoradora Renata Stabile, o segredo do estilo Comfy se dá no design elegante e diferenciado e na simplicidade: “quanto mais simples, melhor”

“Podemos trazer o estilo Comfy através da combinação orgânica de linhas curvas e retas, que podem se fazer presentes em quadros, mantas para sofá, capas de almofada e até mesmo em luminárias de mesas com ar minimalista. O segredo do estilo se dá na discrição do design elegante e diferenciado na simplicidade, quanto mais simples, melhor, mas sempre com um toque de aconchego e conforto”, explica.

Nessa tendência, os materiais aparecem mais macios ao toque e proporcionam uma sensação ainda maior de tranquilidade e leveza. Há mais espaço para movimentação e menos móveis, com itens de muita qualidade para o seu conforto. Já a paleta de cores é sempre neutra, com uso do bege, marrom e outros tons pastéis que ficam em evidência. Por isso você pode abusar dessas cores e materiais que com certeza vão lhe proporcionar um maior bem-estar no dia a dia dentro de casa. Além disso, móveis tradicionais e contemporâneos podem combinar e complementar um ao outro, como grandes sofás, poltronas, almofadas e tapetes felpudos. 

Pensando nisso e com a ajuda de especialistas, destacamos alguns itens de decoração capazes de trazer esse aconchego e melhorar a qualidade de vida dentro do lar. Tudo o que você vai precisar é escolher quais peças têm a ver com o seu estilo para tornar a sua casa ainda mais confortável.

 

Luminárias

A luz tem tudo a ver com uma casa mais confortável. Somos programados biologicamente para saber quando é hora de dormir ou de despertar de acordo com a iluminação à nossa volta, por isso escolher bem qual luminária – e que tipo de luz – ficará em cada cômodo pode mudar a sua vida.

quarto
No estilo Comfy, escolha lâmpadas quentes e suaves para ambientes de relaxamento, como quarto e sala

Escolha lâmpadas frias, por exemplo, para espaços de estudo e tarefas cotidianas que exigem foco. Então, escritório, banheiro (para funções práticas e não em momentos de ritual de cuidados) e cozinha devem ter esse tipo de pontos de luz. Por outro lado, opte por lâmpadas quentes e suaves para ambientes de relaxamento, como a sala, o quarto ou um canto de descanso, por exemplo. 

Mais uma dica: o segredo para esse item de decoração deixar de fato qualquer casa mais confortável é saber posicioná-los de acordo com seu propósito. Tenha uma luminária de luz fria e direta para a escrivaninha, por exemplo, e um abajur de luz quente na mesa lateral do sofá para criar uma sala, ou melhor, uma casa mais confortável ocasionalmente. 

 

Roupas de cama

Não é difícil imaginar porque roupas de cama tornam qualquer casa mais confortável. Mas, você tem um bom lençol e fronha na sua cama? Pois, é. Ninguém nega a importância desses itens práticos de decoração, mas poucos investem neles.

A dica principal para escolher uma boa roupa de cama é dar preferência a tecidos naturais, como o algodão e o linho. Uma regra quase sempre universal para saber a qualidade do lençol antes de tocá-lo é: quanto mais fios, mais macio. Sabendo disso, não há certo ou errado. O mais importante é encontrar o equilíbrio entre fios e materiais que caibam no seu orçamento.

 

Tapetes

Além de ser um bom isolante térmico e acústico, o tapete também pode ser o item de decoração que deixará sua casa ainda mais confortável. O mais importante na hora de escolher um bom tapete é pensar no seu estilo de vida, exemplo: não é aconselhável optar por um tapete muito felpudo se você tem rinite etc.

 

Velas

As velas podem ser poderosas aliadas na missão de deixar a casa ainda mais confortável. Mesmo se a escolha for por velas sem cheiro, saiba que a iluminação indireta quente delas ajuda no relaxamento e também na qualidade do sono – passe algumas horas antes de deitar na cama à luz de velas, sem iluminação artificial, e comprove isso. 

Se preferir optar por velas aromáticas, pesquise bem qual cheiro induz ao quê. Por exemplo, o capim limão é excelente para combater a insônia; enquanto a baunilha conforta e acalma, um aroma ótimo para deixar a casa mais confortável.

 

Almofadas

Por fim, as almofadas. Elas também são um truque muito óbvio para deixar a casa mais confortável, mas será que você sabe usá-las a seu favor? O segredo não é encher um ambiente com milhares de almofadas e sim, escolher modelos diferentes para cada propósito. 

sofá
Um sofá com tecido confortável e almofadas macias ajudam a compor o estilo

Uma almofada retangular mais rígida é ideal para descansar os pés ou encaixar na lombar ao se sentar em uma poltrona, por exemplo. Já as opções mais macias e grandes são excelentes para tornar o sofá ainda mais confortável e dificilmente darão dores no pescoço se você usá-las para tirar um cochilo rápido. 

 

Por: Juliana Marques

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE