PUBLICIDADE

O universo digital e o seu papel no engajamento para a boa convivência coletiva

Por Revista Síndico
Última atualização: 26/05/2022
,

WhatsApp-Image-2021-12-06-at-13.13.07
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Uma coletividade forte é construída através do envolvimento e entusiasmo de moradores e proprietários. É por isso que investir em sua comunidade vale a pena para você. No entanto, existem alguns casos onde os membros do conselho deixaram as estratégias de envolvimento dos residentes em segundo plano. Quando isso ocorre, é preciso mudar as coisas.

Se sua comunidade não está tão engajada quanto você deseja, ou se você é um novo morador ou pretende implementar um sistema robusto, existem várias formas eficientes de comunicação para se construir uma comunidade saudável e engajada dentro de seu universo coletivo.

Quanto mais oportunidades para acessar as informações, melhor será o envolvimento de todos. O universo digital está aí para isso. Nunca se consumiu tanta informação como no período iniciado com a pandemia da Covid-19. 

Uma pesquisa promovida pela multinacional Amdocs focou em consumidores de dez países sobre o comportamento do usuário desde o início da pandemia. No Brasil, o número de horas de uso da internet para trabalho de casa passou de 3h41m para 6h44m por dia, ou seja, um aumento de três horas.

E são muitos os canais que podem ser disponibilizados para a construção desse coletivo. Mas, para isso, é importante garantir que todos tenham acesso às informações sempre que for necessário.

Como sugerido anteriormente, pedir a opinião dos moradores sobre assuntos menores, moderados e significativos é uma ótima maneira de envolver a sua comunidade. Porém, na prática, uma das melhores formas de se conectar é por meio da tecnologia digital. 

Já pensou em investir em telas digitais para agilizar sua comunicação com moradores e proprietários? Redes sociais, TVS digitais, aplicativos, informativos in loco, entre outros, são fundamentais.

O universo digital traz o mundo para dentro do microuniverso que é o condomínio. Ele permite, por exemplo, que as telas instaladas dentro dos espaços comuns sejam importantes canais de comunicação – não apenas como um mural digital – mas como ferramenta com dicas de entretenimento como filmes dos canais de streaming, lista de músicas que irão ambientar a área da piscina nos finais de semana, restaurantes e lojas mais próximos do prédio etc. 

Saber como engajar moradores na administração do condomínio é um item chave para garantir uma boa convivência entre eles e assim facilitar a resolução de problemas pertinentes a todos. E a tecnologia traz esse universo de opções, basta escolher as melhores opções para a comunidade.

 

Por: Naila Oliveira é jornalista e sócia da Danthi Comunicações.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE